Origem: Mediterrâneo

Família: Labiadas

Alecrim florido.

É um privilégio ter uma pé de Alecrim em casa. Além de um delicioso tempero para muitos pratos salgado, esta planta se transforma num chá adocicado e tem muitas indicações medicinais. Planta arbustiva, não fica maior que 1,5 m de altura. Parece um pinheiro pequeno com suas lindas folhas verdes. Vem da região do Mediterrâneo onde coleciona lendas sobre seus usos mágicos, mas é cultivada em todos os países de clima temperado de Portugal à Austrália.

Não é difícil fazer uma muda de Alecrim, geralmente feito pela estaquia e mergulhia, ou seja, pegar um ramo de alecrim de tamanho mediano e deixar alguns dias mergulhado na água. Quando notar que já saíram as raízes, plantar no lugar desejado. Não gosta de ser transplantado depois de grande, acaba secando inteiro. Pouco exigente com o solo, até prefere solos com maior quantidade de calcário, já que nasce espontânea nas praias do Mediterrâneo. Gosta de sol, mais aguenta um pouco de sombra. Depois que atinge um metro de altura dura por muitos anos. Suas flores são azul-claras com um aroma muito agradável.

Alecrim em solo de calcário

O Alecrim pode ser usado de várias maneiras, tanto externo como interno. Seu chá, ao contrário do que muitos imaginam, é adocicado e muito aromático. Alguns benefícios conhecidos: alivia a má digestão, gases, dor de cabeça e cólicas menstruais; combate a fraqueza e ajuda a melhorar a memória; auxilia no tratamento dos rins, equilibra a pressão arterial, problemas de reumatismo, cistite, hemorroidas inflamadas e enterocolites. Também abre o apetite e acalma febre e tosses. Ampara casos depressivos e de histeria.

Já seus usos externos vão desde cicatrizante à estética.  Tem ação cicatrizante e antibacteriana contra Staplylococcus e Monilia. É um tônico capilar maravilhoso podendo ser usado na forma de tintura vegetal adicionado no shampoo ou fazendo um chá um pouco mais forte e deixado em infusão por pelo menos duas horas; coe e jogue no couro cabeludo. É impressionante como ajuda no crescimento dos cabelos, deixando-os mais brilhosos além de hidratar a pele também.

Receita de Infusão de Alecrim:

5g de folhas ou flores.

200ml de água fervendo.

Deixe 10 minutos tampada, coe e pode tomar até 3X ao dia. Ao ser ingerido o chá em jejum é muito eficiente para tratamentos digestivos.

Experimente hoje mesmo, e se surpreenda também com este chá! Aqui na Chacura ainda não usamos nas infusões. Por enquanto seguimos estudando e admirando o maravilhoso Alecrim.



Por: Natalia Schmeiske

Editor: Luciano S. Pascoal