Todo início de ano é um momento de reflexão, de planejamento, de olhar além do horizonte. Em Janeiro aconteceram alguns movimentos pessoais, e dentro da Chacura, que me permitiram meditar sobre o momento atual da sociedade.  Gostaria de compartilhar um pouco o que tenho lido e refletido como uma microempresa de chás neste mundão digital.

Imaginem ficar um dia sem internet? Tenho certeza que só de pensar muitos já ficam ansiosos. Achar um equilíbrio entre não ficar desatualizado e manter uma vida offline saudável já é uma tendência.  Uma ótima meta para 2020 é manter uso moderado das redes.

Há outras questões pessoal e empresarial: temos que postar todo dia? responder a todo momento? prometer “mundos e fundos” e não conseguir cumprir? Pensando nisso lancei outros propósitos: valorizar as trocas humanas, o contato pessoal, os encontros acompanhados de um bom chá, claro.

A Chacura nasceu falando do “slowliving”, conceito mundial que busca uma vida baseada em valores simples e reais, e isso não mudou para a gente. É preciso desacelerar. Menos luxo, menos consumo e evitar a “gourmetização” de tudo (tudo mesmo!)

Dia desses fiz uma postagem no Instagram da Chacura falando sobre que a cultura do chá está vinculada a hábitos requintados e porcelanas refinadas. Mas paralelo a isso existem as tradições das Tisanas ou chás de cura, as infusões da vozinha, dos utensílios artesanais, de costumes ancestrais, e por aí vai. Bom mesmo é viver sem pressão, utilizar o que está no seu entorno, valorizar o que está ao seu alcance e ser agradecido por isso.

Então nesta nova década espero que possamos cuidar da gente, do outro e do planeta! Compreender que uma pausa faz bem para mente e para o corpo. Reservar um momento todo dia para autocuidado, o autoconhecimento, para descobrir nossas essências. Como dizia o Poeta Paulo Leminski: “Isso de ser exatamente o que se é ainda vai nos levar além.”

Aqui na Chacura não tem espaço para preconceitos e intolerância.

Seja como for, seja como flor, seja você!

E tomem muitos chás! Todo dia!

E por aqui vamos continuar com um trabalho autoral, artesanal, sem pressa, com essência e com estudo. Vamos crescer junto com vocês!

Um ótimo ano a tod@s!



Por: Natalia Schmeiske

Editor: Luciano S. Pascoal