Curcuma longa

Origem: Ásia (Índia e Indonésia)

Família: Zingiberaceae

É fundamental fortalecer o sistema imunológico, sempre, e nestes tempos de pandemia essa preocupação precisa ser redobrada. As defesas do nosso organismo vão nos proteger da maioria das doenças que afligem nosso corpo durante toda a vida.  E uma simples planta pode valer por uma farmácia medicinal.

O Açafrão da Terra é primo do gengibre e ganha vários nomes: cúrcuma, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo. Muitos confundem com o outro açafrão aquele considerado uma das especiarias mais cara do mundo, que tem o tom avermelhado e são pistilos de uma Flor lilás chamada Crocus Sativus. O Açafrão da terra é uma raiz de cor laranja, possui uma flor muito bonita branca, com folhas longas e largas.

É uma planta perene, com um pequeno pedaço do rizoma (raiz) que tem uma gema ou “olho” (aqueles calombos na raiz), e por ser muito resistente, se adapta e se expande no solo. De tempo em tempo solta suas folhas e hastes florais que quando secam indicam que está pronto para colheita. É neste momento que sua cor alaranjada se intensifica, ou seja, somente depois da floração que pode colher os rizomas. É uma planta de clima tropical adaptada com temperaturas quentes e abaixo de 12 C º não produz muito bem. Prefere solos argilosos, areados, bem drenados e adubados com matéria orgânica e/ou esterco animal. Aceita sol pleno, porém precisa ser irrigada. Se forem cultivados em vasos que sejam largos e com uma profundidade média de 50cm para ela se espalhar.

É usado há mais de 4000 anos no Oriente Médio, na medicina Ayurveda e na medicina tradicional Chinesa. Possui inúmeros minerais e nutrientes: potássio, que ajuda a regular a pressão arterial, fonte de vitamina C para aumentar a imunidade, vitamina B6 para o cérebro, ferro, manganês, cálcio, magnésio, proteína e a curcumina que possui ação antioxidante e anti-inflamatório.

Alguns dos seus incríveis benefícios: contribui para o combate ao câncer de próstata, mama, melanoma, pâncreas, diminui o risco de leucemia, e a ocorrência de metástases em diversos tumores. Desintoxica o fígado, é benéfico para o coração, ajuda no controle do diabetes, neutraliza radicais livres, reduz a inflamação da artrite, tem ação analgésica, antisséptica e antibacteriana. Age no metabolismo das gorduras auxiliando na perda de peso, ajuda no combate à acne, à psoríase e outras doenças de pele, e acelera a cicatrização. Previne a doença de Alzheimer, combate a depressão e a esclerose múltipla. Com sua “super” ação anti-inflamatória é benéfico para qualquer doença relacionada com processos inflamatórios.

Seus usos são muitos, mais gostaria de enfatizar que para ter um melhor retorno para saúde é melhor usar suas raízes frescas. Fica muito saboroso na comida, substituindo por exemplo o alho por pedaços picadinhos, além de deixar uma cor alaranjada no arroz/ lentilha e o que mais sua imaginação criar. Dá para ralar cru em saladas, fazer pães, tortas salgadas e omeletes. Me encanta tomar seu chá de cor alaranjada intenso, que levanta qualquer caída da imunidade, podendo tomar até 3X ao dia.

Receita do chá do Açafrão da terra:

  • 1 colher de sopa ralado ou em pedaços para 1 xícara de chá.

Deixe ferver por 5 minutos e depois tampe por mais 5 minutos, coe e está pronto. Pode tomar quente ou gelado.

Suco de Açafrão da terra:

  • 1 colher de sopa ralado ou em pedaços

  • 1 copo de água gelado

  • 1 limão (suco)

  • folhas de hortelã

Bater todos os ingredientes.

Tintura para manipular: Açafrão da terra com cravo-da-índia.

Seja em pó, encapsulado ou fresco o importante é incluir o açafrão na sua alimentação. Seu corpo e sua mente agradecem e sua vida será mais longa e saudável.

Compartilhe com seus amig@s e familiares.

Já tomou seu chá hoje?

 

Por: Natalia Schmeiske

Revisado: Luciano Pascoal